O diferencial que atrai Imagem post GIV Gráfica Online

4 dicas para utilizar a faca especial corretamente

Como o próprio nome já diz, a faca especial é equipamento gráfico utilizado para fazer cortes diferentes nos materiais. Sua principal função é dar formas impossíveis de se conseguir usando apenas os cortes retos das guilhotinas. São utilizados, principalmente, em cartões de visita, mas isso não é uma regra e nem uma exclusividade. Papel timbrado, adesivo, etiquetas e tags também entram na onda dos materiais que mais se utiliza a faca especial.

O corte especial vai deixar o seu material gráfico diferente dos mais habituais, destacando o cliente e fazendo com que fique na memória de quem o receber, mas cuidado, é preciso redobrar a atenção com o design da arte, principalmente na hora de fechar o arquivo. Garanta que a sangria e os demais elementos estejam no lugar certo para que o corte não prejudique o produto final.

Sempre que alguém adquire um produto gráfico, fica a ansiedade para que o mesmo chegue logo, e da forma como foi enviado para a gráfica, por isso, separamos algumas dicas que vão te ajudar a não cometer erros comuns na hora de finalizar uma arte e fechar um arquivo. Confira:

 

  1. Filete? Não!

Sabe aquelas linhas brancas que incomodam e aparentam que o seu material não foi cortado corretamente? Elas podem ser evitadas antes mesmo de o material ir para a gráfica. As máquinas de corte são programadas para cortar em locais exatos, por isso, o filete (linha branca) pode se rum problema do arquivo. Para evitar que isso aconteça, expanda o fundo da arte além do tamanho da faca, ou seja, deixe que o fundo “vaze para fora” da área principal, pois somente assim o seu material não ficará com filete nas extremidades.

 

  1. Se a margem é de segurança, confie nela

Respeite a margem de segurança interna dos materiais, pois ela existe justamente para que seu material não perca informação ou seja cortado de forma errada. Assim você evita perder textos, imagens e informações que sejam relevantes no seu material.

 

  1. Espelhe o desenho da faca

É preciso muita atenção. No momento do fechamento do arquivo, sempre confira se o desenho da faca está na posição correta diante da arte. Lembre-se de espelhar o contorno da faca no verso para ter certeza de que a arte está com a batida de verso correta.

Importante: no arquivo final o desenho da faca deve ser enviado na última página do PDF.

 

  1. Menos é mais

Para garantir a arte correta, evite os desenhos complexos, com muitas curvas e quebras de linhas, pois o equipamento que fará o corte especial é configurado manualmente, o que torna complicada a utilização de acabamentos muito complexos.

 

Tome cuidado para não parecer exagerado. Se a sua arte possui muitas cores e formas, o ideal é utilizar um corte mais simples, para que a arte impressa se destaque. Se você precisa de uma arte mais minimalista e simplificada, o corte especial pode ser uma maneira incrível de dar mais destaque sem poluir a junção das duas coisas, corte + arte.

Restou alguma dúvida? Deixe nos comentários que eu te ajudo com isso! =D

Banner Preço Imbatível Melhor Prazo GIV Gráfica Online

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *